Nossos agrupamentos possuem uma rotina diária diversificada, que trabalha com o equilíbrio das diferentes linguagens e enfoca de forma enredada as múltiplas áreas do conhecimento.  

O ano letivo se inicia pela adaptação - processo cuidadosamente pensado para garantir que cada um dos alunos que chegam ao Colégio São Domingos pela primeira vez possam se sentir em segurança, à vontade, motivados a retornar no próximo dia.  

Aos poucos, as diversas atividades de nossa rotina vão garantindo que a adaptação aconteça de maneira tranquila. As crianças têm a oportunidade de envolver-se cada vez mais com as propostas, com os espaços, com os professores e novos colegas. 

E por falar em rotina, dentre as atividades que dela fazem parte estão: 

Cantinhos: os cantinhos mudam diariamente e envolvem brincadeiras de faz de conta, jogos, construções com diferentes objetos etc. Permitem autonomia de escolha no que se refere a com quem, do que e em que momento brincar. 

Roda: neste momento, é hora de organizarmos o dia, marcar o calendário e garantir uma  estrutura ou regularidade ao nosso aluno na escola.  Iniciamos com o sorteio do ajudante do dia, a marcação do calendário, estruturando a ordem do que acontecerá; por fim, as crianças contam e/ou mostram eventuais novidades. Nessa atividade, é possível perceber o interesse e a postura investigativa dos grupos, seja pelas letras, pela marcação do calendário, pelas histórias. 

Parque: Para as crianças menores, todos os dias se iniciam no Parque, no tanque de areia ou no Brinquedão. É quando acontece a recepção e a acolhida, garantida no espaço livre.  Contudo, outros momentos de parque livre também ocorrem, mas desta vez em parceria com os outros agrupamentos.  Os momentos de parque abarcam o lúdico, a possibilidade de socializar e, também, em alguns momentos, o desenvolvimento motor (exemplos: pular corda, brincar de trilha etc.)

Biblioteca: Ao chegarmos lá, fazem uma roda em que alguns contam sobre o livro que levaram para casa, a parte que mais gostaram, se recomendam ou não para os amigos. Escutam as sugestões do dia e escolhem minuciosamente o livro para casa. 

Além do empréstimo de livros e socialização de leituras, temos também a oportunidade de ir à biblioteca com a tarefa de conhecer um pouco mais sobre os assuntos tratados nos projetos investigativos. 

Atividade plástica: pode ser uma pintura, uma experiência com as cores e tintas, uma atividade com massinha, de recorte e colagem, um desenho livre ou com tema proposto, utilizando diferentes tipos, tamanhos e texturas de papéis, com ou sem interferência. Assim, nossas crianças vão conhecendo diversos tipos de riscadores (canetinha, giz de cera, giz de lousa, lápis de cor, pincel, brochinha, tinta guache, cola com anilina etc).

Roda de história: última atividade do dia. Cada professora tem a sua forma de introduzi-la: algumas utilizam uma música própria, que garante um momento inicial de concentração para, em seguida, contar a história. Outras, estruturam o espaço com almofadas para criar ambientação para este encontro. Ainda temos outras rodas que são propostas com diferentes contornos - uma vela no meio da classe, um tapete para todos sentarem e se aproximarem e outros recursos. 

Mediação de leitura: A contação de histórias nas rodas acontecem todos os dias. Elas estão na base da formação das crianças como leitoras, mesmo antes de dominarem os códigos formais de leitura e escrita. Os educadores fazem a função de mediadores entre o que as crianças são capazes de entender sozinhas e os códigos que ainda desconhecem. Com isso, introduzimos a cultura letrada no repertório delas, estimulamos a imaginação, renovamos vocabulários, trabalhamos sentimentos e  exercitamos a oralidade.

Culinária: com a culinária é possível trabalhar o cuidado com a higiene ao se manipular os alimentos, bem como abarcar alguns conhecimentos matemáticos, dentre eles, a necessidade de medir corretamente cada ingrediente, calcular o dobro ou a metade da receita, misturar elementos e observar o seu processo e produto, o  trabalho com grandezas e medidas convencionais ou construídas pelo grupo e outras ricas experimentações.

Contato

Rua Monte Alegre, 1083
Perdizes - São Paulo - SP

Fone/Fax:
11 3676-0488

Desenvolvido por
logoelfah