Ao contrário de Hans Staden, não chegamos a Bertioga em decorrência de um naufrágio, tampouco nos caberia defender o canal, mas sim materializar as histórias que havíamos investigado em sala e que tinham aqueles locais como cenário.

Vimos de perto o Forte São João em que Staden se tornou artilheiro e pudemos percorrer a trilha que leva às ruínas da Ermida de Guaibê e ao, o que um dia foi, Forte Santo Antônio. Nos escoramos nesse momento histórico como as epífitas bromélias que se mostravam nos troncos e anunciavam um mestiço pé de jaca asiática que derrubava seus frutos em solo brasileiro. Aproveitamos a escassa e bela mata atlântica para nossas investigações sobre algumas espécies endêmicas e a importância da mata secundária, navegamos pelas águas salobras e chegamos bem perto do mangue. O dia contribuiu com a maré mais baixa dos últimos anos, facilitando a apreciação do emaranhado de raízes que serve como forte para a vida daquele ecossistema.

Acreditamos que nos modificamos a partir dos descobrimentos e das experiências em um movimento por vezes antropofágico, assim como os Tupinambás que em outrora naquelas terras viveram.”

 

Para visualizar a galeria de fotos clique aqui

Contato

Rua Monte Alegre, 1083
Perdizes - São Paulo - SP

Fone/Fax:
11 3676-0488

Desenvolvido por
logoelfah