Em setembro de 2016 os alunos do 8º ano realizaram um estudo de campo nas cidades de Congonhas, Ouro Preto e Mariana, em Minas Gerais.

Durante a viagem, as experiências vivenciadas em diferentes espaços visitados articularam-se às discussões realizadas pelo grupo ao longo do ano, de forma interdisciplinar. Questões de investigação orientadoras foram desenvolvidas durante o mês de agosto, centrando-se em suspeitas acerca dos imaginários de identidade brasileira, a mineração em diferentes tempos, as narrativas da história e a literatura enquanto espaço de reflexão e crítica social.

Visitamos igrejas e capelas que nos remeteram às experimentações do barroco mineiro; penetramos na terra através dos resquícios de minas do século XVIII e XIX, e acompanhamos quem hoje garimpa da mesma terra possibilidades de sustento; manuseamos a pedra sabão e as contradições da mineração, problematizando seus impactos sociais e à saúde; conversamos com quem habita a cidade-patrimônio e repensa sua história a partir de elementos marginais à oficialidade dos monumentos e museus.

Da experiência em Minas Gerais novos elementos se colocaram em diálogo com nossos horizontes de investigação. Ao retornar do estudo de campo, nosso trabalho se concentrou em um mapeamento provisório de respostas possíveis às questões elaboradas anteriormente, e acabou por se desdobrar em produções mais amplas desenvolvidas junto às abordagens construídas ao longo do ano.

 

Clique aqui para visualizar as fotos

Contato

Rua Monte Alegre, 1083
Perdizes - São Paulo - SP

Fone/Fax:
11 3676-0488

Desenvolvido por
logoelfah